EDVALDO SANTOS (Edinho)

EDVALDO SANTOS (Edinho)

O olhar expressivo e as mãos ágeis expressam e transforma em poesia suas percepções, vivências e experiências, quase uma autobiografia. Ele encontrou na Libras, uma maneira de comunicar as inquietações que foram vivenciadas desde de muito cedo.
Edinho afirma que sua presença nos mais diversos espaços se torna um ato político pelo fato de ser negro e ser surdo. Afirma que no primeiro momento as pessoas olham para sua pele e depois vem à questão da surdez.
Portanto, encontrou na poesia um modo de expressar e comunicar com o mundo o que sente. Suas vivências e experiências por ser um negro surdo, numa sociedade em que a maioria não tem praticamente conhecimento algum em Libras. Porém, o artista afirma: “Estou criando a minha arte também para falar da comunidade surda, para que eles vejam, para que eles [ouvintes] entendam” (Fonte: https://www.agenciamural.org.br/surdo-de-nascenca-edinho-faz-poesia-com-a-lingua-de-sinais/).

AULIO RIBEIRO DA NÓBREGA (Aulio Nóbrega)ARTE DE SINALIZAR
Open chat
1
Olá, como posso te ajudar?
Relacionamento Uníntese
Olá, 👋🏼
como podemos te ajudar?